Obrigado Senhor

A agência estatal de notícias do Sudão, Suna, acaba de relatar que Meriam Ibrahim foi liberada e que as acusações contra ela foram derrubadas.

Suna disse: “O tribunal de recurso ordenou a libertação de [Ibrahim] e o cancelamento da decisão [anterior] judicial.”

Meriam foi transferida para uma casa segura, de acordo com Mohaned Mostafa, um membro de sua equipe legal. Ele disse à Reuters: “A família dela tinha sido ameaçado antes e estamos preocupados que alguém poderia tentar prejudicá-la.”

Conheça o caso

Meriem

Meriam Yahia Ibrahim é uma mulher sudanesa de 27 anos de idade, que foi condenada a morte após sua conversão ao Cristianismo. Entrou na prisão em Fevereiro deste ano, recebendo sentença de 100 chicotadas seguida de morte por apostasia. Mesmo depois do nascimento de seu bebê, ela não foi condenada mas esperava o julgamento.

Compartilhe e louve a Deus!

 

E aí? Comente e poste:

comentário(s)